top of page
Buscar
  • douglas578

Como garantir um SLA alto de uma plataforma de TV para provedores

Prestar serviços é resolver problemas. Empresas capazes de fazer isso conseguem se destacar no mercado e lucrar mais. Uma plataforma de TV para provedores deve seguir essa lógica. É nesse sentido que iniciativas como o SLA precisam ser entendidas.


O SLA serve justamente para garantir que as expectativas dos contratantes estejam em dia com o que o provedor oferece. Na prática, ele é um sinal que empresas bem organizadas dão ao mercado, mostrando conseguem entregar serviços de qualidade e de acordo com o combinado.


Sendo assim, vale a pena saber mais sobre ela e como fazer da SLA um diferencial para o seu negócio.


Afinal, o que é SLA?

SLA é sigla para Service Level Agreement. Em português, Acordo de Nível de Serviço. Trata-se de um contrato que envolve os provedores e clientes. Nele são especificadas as condições que o serviço a ser prestado tem que atender para que seja considerado satisfatório.


No geral, o SLA permite uma abordagem mais criteriosa em relação ao que é oferecido ao cliente. Isso em relação a desempenho e qualidade da plataforma de TV para provedores. O motivo é que o SLA estabelece critérios objetivos que serão avaliados assim que o serviço for entregue.


Sem o SLA, mesmo as promessas mais ousadas podem ser ignoradas e o cliente ficar no prejuízo. Com ele, penalidades como multas podem ser entendidas como elementos que impedem as empresas de atuar de maneira não profissional.


Benefícios de uma SLA numa plataforma de TV para provedores


Os benefícios de trabalhar com o SLA são inúmeros. Eles dizem respeito tanto ao cliente quanto à empresa. No caso do cliente, ele tem como ver as soluções que a companhia realmente consegue oferecer e tomar decisões de acordo com suas necessidades. Já no caso da empresa, esse documento torna o seu serviço mais profissional, permitindo mensurações e acompanhamento capazes de qualificar os projetos no longo prazo.

Por isso, confira os principais diferenciais de contar com um SLA na sequência.


Segurança

Do ponto de vista da empresa, criar um SLA ajuda a evitar problemas jurídicos por descumprimento de contratos. Sendo assim, a segurança jurídica é o maior benefício do SLA para quem presta serviços.


Do ponto de vista do cliente, essa segurança aparece quando ele pode observar o documento e conferir se o fornecedor entregou a tecnologia como combinado ou não.

É importante pensar no SLA como um recurso para gerar alinhamento entre as partes. Com ele é possível estabelecer o que deve ser entregue, quando, com qual qualidade e como o serviço deve ser cobrado.


E é essa definição que garante maior segurança jurídica para o serviço que, sem o SLA tende a ficar vulnerável a impressões superficiais.


Metas mensuráveis

Para ter a certeza de que um serviço foi oferecido adequadamente é preciso pensar em 3 exigências:

  • avaliar;

  • medir;

  • comparar.

Essas exigências dizem respeito aos serviços de tecnologia prestados. Com o SLA é possível fazer isso. Ele parte da definição de metas mensuráveis e permite que todos saibam se os benefícios combinados estão sendo colocados em prática.


Da mesma forma, com os indicadores é possível identificar pontos negativos e corrigi-los gerando diferenciais competitivos para a empresa.


Transparência

A transparência no processo fica clara quando as responsabilidades das partes envolvidas são registradas em contrato. Dessa forma é possível mensurar a eficácia dos serviços.

Melhor ainda: isso ajuda a evitar problemas de interpretação, além de garantir maior segurança e eficiência. Ao montar acordos, os profissionais têm como atender melhor as necessidades dos clientes, criando chances maiores de qualificar os seus serviços.


Vale destacar que a partir do momento que o SLA reúne as condições a serem obedecidas pelo serviço, ele está tornando claros os direitos e deveres de contratado e contratante. E isso gera transparência para o processo.


Credibilidade

Sem esse tipo de contrato, a percepção dos clientes sobre o serviço a ser recebido pode sair do controle da empresa. E o resultado geralmente é a insatisfação. Assim, isso gera desconforto para a imagem da marca, afetando sua credibilidade.


Logo, é preciso criar meios para melhorar a qualidade dos serviços prestados, mas também de tornar claros os critérios de avaliação sobre o que é entregue. Nessa lógica, o SLA é essencial porque ele mantém as expectativas dos clientes dentro do racional.

A credibilidade de um negócio costuma surgir como conjunção de dois fatores:

  • a previsibilidade;

  • a segurança.

Quer dizer que todo acordo precisa considerar esses elementos. Assim, a credibilidade do seu negócio vai aumentar a partir do momento que a presença desses fatores nos seus projetos ficar evidente. Com o SLA é possível reduzir a burocracia e gerar clareza nos contratos.


Satisfação do cliente

Portanto, trabalhar com o SLA é criar meios para alinhar a expectativa do cliente com aquilo que a empresa consegue fazer. Consequentemente, isso permite que a empresa ofereça soluções satisfatórias e consiga o seu espaço no mercado.


É um erro pensar que a satisfação do cliente só aparece quando a empresa entrega sempre mais do que a concorrência. A realidade é que quando ela é capaz de oferecer soluções justas e entregar exatamente o que promete, a tendência é que se torne uma entidade de confiança para quem mais importa e isso ajuda a ocupar um espaço cada vez melhor no mercado.


Quais informações devem constar no SLA

Para garantir um SLA alto é necessário trabalhar com informações que deixem claro o objetivo do projeto. Entre as principais estão:

  • a discriminação do serviço a ser entregue;

  • quem pode pedir o serviço;

  • os prazos para entrega;

  • o custo da plataforma de TV para provedores;

  • as metas a serem alcançadas;

  • os padrões a serem atendidos;

  • as formas como as medições de desempenho serão realizadas;

  • os indicadores a serem utilizados;

  • a periodicidade das medições;

  • a definição de como se dará o atendimento.

A ideia é formalizar tudo isso, de maneira que a atuação da empresa se dê de acordo com as expectativas firmadas em contrato.

Em resumo, conte com um SLA para tornar a sua oferta de serviços mais profissionais. Isso ajuda a sua plataforma de TV para provedores a se posicionar corretamente no mercado e assim atrair clientes.


Entendeu agora como qualificar a sua plataforma de TV para provedores? Então navegue no nosso blog para saber mais informações que podem ajudar o seu negócio.

5 visualizações
bottom of page