top of page
Buscar
  • douglas578

Power meter: entenda como utilizar essa tecnologia de forma correta

O Power Meter é um aparelho usado por provedores de internet para medir a força do sinal em redes de fibra óptica. Ele ajuda a garantir que a rede esteja funcionando corretamente e com a velocidade adequada. Em resumo, é como um sofisticado medidor de velocidade para a internet.


Entender o que é Power Meter e como ele pode ser usado é fundamental para o provedor de internet que se preocupa com a infraestrutura oferecida aos assinantes.


É por isso que vamos nos dedicar a esse tema agora. Saiba exatamente o que é Power meter e aprenda a utilizar a ferramenta da maneira correta.


O que é Power Meter


De maneira mais abrangente, podemos dizer que o Power Meter é um dispositivo essencial para provedores de internet. Especialmente para aqueles que buscam oferecer uma conexão estável e de alta qualidade aos seus usuários. Isso porque ele é usado para medir a força do sinal em redes de fibra óptica. E essa função permite calcular a potência e a perda do sinal em redes, sejam elas ponto a ponto, sejam ponto-multiponto, sempre com elevada precisão.


A realidade é que, com o uso do Power Meter, é possível verificar se a rede está realmente funcionando de acordo com as especificações do projeto. E isso é importante, uma vez que ajuda a identificar problemas e a realizar eventuais ajustes sempre que necessário.

No geral, o Power Meter costuma ser recomendado para atividades como:

  • instalação;

  • manutenção e;

  • reparos de redes ópticas.

É bom destacar que existem diferentes modelos de Power Meter disponíveis no mercado, cada qual com suas características e funcionalidades. Sabendo escolher o mais adequado às necessidades da rede é possível garantir o melhor desempenho já que, com o uso correto e constante do Power Meter é possível evitar falhas na rede e garantir uma conexão estável e confiável para os usuários.

Quais os tipos existentes?


Existem dois modelos de Power Meter disponíveis no mercado. São eles o simples e o PON.

Enquanto o modelo simples conta com apenas uma entrada para a medição de uma fibra, o modelo PON apresenta duas. E isso permite a realização das chamadas medidas “in-line”, que são consideradas mais abrangentes.


De fato, o Power Meter PON é mais completo, pois permite realizar todas as medidas, incluindo a avaliação da potência de uma ONU, que não pode ser medida por meio de um Power Meter simples.


Além desses dois modelos principais, existem outras variações de Power Meter. Cada modelo possui suas características e funcionalidades específicas, e é importante escolher o mais adequado às necessidades da rede para garantir o melhor desempenho dela.


Como utilizar o Power Meter de forma correta


Podemos seguir um passo a passo para trabalhar com o Power Meter da maneira mais eficaz possível. Confira 5 etapas que permitem simplificar o uso da ferramenta.


O primeiro passo é compreender a existência desses dois principais modelos no mercado. Como ressaltado, eles são o simples e o PON. Caso o escolhido seja o simples, é preciso ter em mente que ele não é capaz de avaliar a potência de uma ONU.


Em seguida, é preciso verificar o sinal de uma rede ponto-a-ponto. Para isso, basta conectar o conversor ao cabo de fibra.




O terceiro passo é ligar o medidor na opção OPM e a outra ponta do cabo ao medidor.

O quarto passo é definir um valor de referência e colocar a bobina de teste entre o medidor e o conversor.


O quinto passo é ligar o medidor na opção OPM e conferir o resultado da medição. O valor que aparecerá será a atenuação total inserida pela bobina e cordões ópticos inseridos no link.


Vale lembrar que antes de realizar qualquer tipo de operação com o Power Meter é importante calibrar o equipamento. Também é importante realizar periodicamente a limpeza do sensor na direção circunferencial. Faça isso usando um cotonete de limpeza específico para a operação. Isso ajuda a remover gordura, poluição, entre outras sujeiras que podem comprometer a precisão do Power Meter.


Boas práticas para evitar falhas na rede


No geral, a grande preocupação deve ser sempre garantir uma rede de internet estável e confiável para os clientes. Para tanto, é importante adotar algumas práticas que ajudam a evitar falhas. Confira as principais.


Investimento em qualidade


A principal recomendação é investir na oferta de uma rede de fibra óptica de qualidade. Nesse sentido, pense em alta velocidade e estabilidade na conexão. Também é fundamental manter os equipamentos e configurações atualizados. Isso costuma garantir o bom funcionamento da rede.


Escolher bem os equipamentos


Trabalhar apenas com equipamentos de qualidade também é uma medida importante para evitar falhas na rede. É bom lembrar que equipamentos de baixa qualidade podem apresentar problemas com mais frequência e comprometer a estabilidade da conexão. Por isso, é importante escolher equipamentos de marcas reconhecidas e confiáveis.


Organizar os processos de instalação


Fundamental também é trabalhar para que os processos de instalação estejam alinhados. Uma instalação mal feita pode comprometer o desempenho da rede e causar problemas de conexão. Por isso, é importante contar sempre com profissionais especializados para fazer as instalações.


Observar os kits de ferramentas


Cuidar dos kits de ferramentas é outra medida importante. É fato que ferramentas danificadas ou inadequadas podem comprometer a qualidade da instalação e manutenção da rede. Por isso, é recomendável manter os kits de ferramentas em boas condições e atualizados.


Trabalhar com monitoramentos


Além dessas medidas, é importante monitorar regularmente os equipamentos de rede. Isso permite identificar potenciais problemas antes que eles apareçam. Dessa forma é possível maximizar o desempenho da operação e inibir eventualidades. O uso correto do Power Meter é fundamental nesse processo. Como visto, esse equipamento permite:

  • medir a potência do sinal em pontos-chave da rede e;

  • verificar se estão adequados às especificações do projeto.

No geral, adotando essas boas práticas, é possível evitar falhas na rede e garantir uma conexão estável e confiável para os usuários.


Agora que sabe o que é e como lidar com o Power Meter, confira no blog da Olé TV tudo sobre TV por internet para revenda.

440 visualizações

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page