top of page
Buscar
  • douglas578

Conheça o head end e sua importância para o provedor de internet

Atualizado: 14 de dez. de 2022

Como muitas pessoas já sabem, a mesma infraestrutura utilizada para a transmissão de sinal de internet também pode ser mobilizada para a transmissão de sinal de TV. Para isso, basta obter o licenciamento necessário, fechar parcerias com os produtores de conteúdo e realizar adequações operacionais em termos de equipamentos, o que envolve a instalação do chamado head end.


Para quem nunca ouviu falar no termo, tratara-se da estrutura de equipamentos na qual o sinal de TV será recebido, processado e retransmitido. Isto é, estamos falando da adequação operacional necessária para o seu provedor de internet ingressar no mercado de TV por assinatura.


Ficou interessado em saber mais sobre o funcionamento deste tipo de equipamento e sua importância? Continue a leitura. Falaremos tudo o que você precisa saber sobre o head end.


O que é um head end?

Como já destacado, o head end é o coração da transmissão de TV. Por meio dele, o sinal é captado e processado para transmissão.


Existe tanto a opção de um head end dedicado, no qual a operadora conta com uma central exclusiva para a sua operação, quanto a opção compartilhada. A segunda alternativa é especialmente interessante para pequenos provedores de internet, que podem se reunir para custear em conjunto o equipamento, que passaria a ser utilizado pelo grupo, sem prejuízos em termos de qualidade do processamento.

Como funciona um head end?


Para que o funcionamento de um head end ocorra como o esperado, é preciso garantir a captação do sinal de TV. Há duas possibilidades para realizar tal operação: via satélite ou a cabo.

No primeiro caso, cada satélite responsável por transmitir o sinal deve contar com uma antena de captação. Pode ser, inclusive, necessário até duas antenas para cada equipamento.


Feito isso, é preciso realizar o alinhamento do satélite com a antena de captação, que deve ser equipada com iluminador e o LNB – estrutura utilizada para realizar a comunicação do sinal.

Nesta estrutura, o iluminador cumpre o papel de concentrar o sinal recebido. O LNB, por sua vez, converte a frequência e amplifica o sinal para que seja transferido aos equipamentos de head end, onde serão processados.


No caso da transmissão via terrestre, realizada por cabeamento, basta que uma antena comercial (instalada localmente) capte os sinais e os transfira para o head end. Feito isso, teremos o processamento de áudio e vídeo para posterior distribuição.


Qual a importância de um head end?


Como vimos até aqui, o head end é indispensável a transmissão do sinal de TV. Por isso, é muito importante contar com um equipamento de qualidade, que seja capaz de processar adequadamente as mídias em áudio e vídeo, de modo a não comprometer a qualidade do serviço ofertado.


Quanto isso, os gestores de provedores de internet devem ter em vista que o consumidor está habituado a uma experiência de elevada qualidade. Sobretudo com a evolução da velocidade de processamento de dados via internet e evolução da qualidade de som e imagem dos equipamentos de TV, não é nada razoável pensar em um sérvio cujo sinal seja interrompido com frequência.


Isto é, para ser competitivo nesse mercado, um pré-requisito é operar em um nível de excelência, garantindo ao consumidor uma experiência adequada.


Quais erros evitar na instalação do head end?

Vejamos, então, quais erros evitar na instalação do head end.


Imprecisões no estudo técnico local

Esse é um ponto bastante sensível para a instalação do head end, pois é comum que imprecisões aconteçam ao longo do processo.


O local de fixação dos equipamentos, por exemplo, deve ser muito bem escolhido, de modo a evitar problemas futuros na transmissão. Recomenda-se a realização de estudos técnicos e análise de risco para garantir uma escolha adequada.

Vale, inclusive, investir em uma consultoria especializada, que ficará a cargo de avaliar aspectos como:

  • peso total dos equipamentos a ser suportado pela base utilizada;

  • distância recomendada entre head end e antenas e

  • funcionamento dos equipamentos adquiridos.


Desalinhamento das antenas

Parece uma questão simplória, mas o desalinhamento de antenas também é um erro comum. E, como se sabe, trata-se do cerne do sistema de transmissão.


Se a recepção de sinal não ocorre da maneira adequada, a redistribuição para toda a rede fica comprometida. Isto é, o cliente da provedora de TV terá problemas em sua residência.

Tendo isso em vista, é preciso realizar todos os testes necessários de apontamento entre antena e satélite. Somente assim será possível garantir a qualidade da transmissão.


Desintegração do middleware ao ERP do provedor

Com uma base de clientes já constituída, será necessário realizar o gerenciamento de todas as contas, visando a operacionalização da cobrança das mensalidades dos assinantes.

Todo esse trabalho é feito pela camada de middleware em um head end. É ela que fará o cadastro dos assinantes novos, atribuirá os planos e bloqueará clientes inadimplentes. É de suma importância que ela esteja bem integrada à operação do provedor.


E agora que você já sabe como funciona o head end, que tal conferir mais um conteúdo de nosso blog? Desta vez, falamos de 5 benefícios de contar com a TV via Internet da OléTV.

16 visualizações

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page