Buscar
  • bruno4520

Da TV aberta ao streaming: a evolução do audiovisual no Brasil

Atualmente, é difícil encontrarmos uma casa que não tenha pelo menos uma televisão. Desde que se popularizou no Brasil, entre as décadas de 1970 e 1980, a TV passou a fazer parte das rotinas de grande parte dos lares urbanos brasileiros. Com o passar do tempo, vieram tecnologias como o VHS, o DVD e, finalmente, o streaming. Para entender como chegamos aqui, é preciso conhecer a evolução do audiovisual no Brasil.


E é exatamente este o assunto que a Olé trata no texto abaixo. Vamos te contar a história por trás dessa evolução do audiovisual no Brasil — desde a chegada da TV até os dias de hoje —, e, por fim, mostrar como o streaming pode trazer oportunidades para provedores e outros profissionais da área.


Continue a leitura e saiba mais!



Uma história da evolução do audiovisual no Brasil


Essa história se inicia na década de 1950, quando a TV começou a se consolidar em outros países ao redor do mundo. Por aqui, à época, poucas famílias tinham uma em casa, e a televisão era considerada um objeto de luxo. Foi apenas na década de 1980 que o precursor da televisão no Brasil, Assis Chateaubriand, tornou-a mais acessível.


A TV aberta, que já existia há algumas décadas, cresceu como nunca nesta época. E o crescimento do consumo de conteúdo televisivo ficou cada vez maior. Com o passar dos anos 80 e a chegada dos anos 90, foi a vez da TV fechada por assinatura conquistar o seu espaço.




Como o próprio nome sugere, ela exigia que pacotes fossem assinados para que se tivesse acesso ao conteúdo produzido. Mesmo que a TV aberta fosse gratuita, muitos optaram pelas assinaturas de TV fechada — muito devido ao conteúdo diferenciado oferecido pelos canais que faziam parte desses pacotes.


Em pouco tempo, este se tornou o padrão do consumidor de conteúdo televisivo brasileiro. As décadas de 1990 e 2000 viram a TV fechada dominar completamente o mercado. Afinal, ela trazia benefícios únicos com os quais a TV aberta não conseguia competir — com destaque para a variedade de canais.


Foi aí que veio o início da década de 2010 e, com ela, o streaming. Se a TV fechada permitiu que as pessoas tivessem acesso a mais conteúdo, o streaming trouxe o conceito de on demand, em que tornou-se possível assistir a qualquer conteúdo no horário desejado — coisa que a TV por assinatura não permitia.


Hoje, para se ter uma noção, o streaming já é mais consumido que a TV fechada — perdendo apenas para a TV aberta devido à maior acessibilidade da mesma.



Não perca tempo; trabalhe com o streaming!


E se você já trabalha com telecomunicações, principalmente se é um provedor de internet, e quer aproveitar o sucesso do streaming para aumentar suas vendas, saiba que isso é possível!


A Olé atua em parceria com provedores de internet para permitir que eles também ofereçam TV por assinatura através do streaming. Nós disponibilizamos os benefícios tanto da TV fechada quanto do streaming em um só serviço.


Para saber como você pode oferecer isso a seus clientes, entre em contato conosco e vamos conversar!


55 visualizações

Posts recentes

Ver tudo